Melhor Preço Garantido

CHECK-IN
DIA / MÊS
CHECK-OUT
DIA / MÊS
ADULTOS
+
-
CRIANÇAS
+
-

Carnatal

Tudo começou em 1991, ele nasceu no centro de uma cidade tranquila. Tinha gosto de Caju com Sal, era um Exame de Gente com a cor vibrante como o "laranja" de um Jerimum. Foi aquela explosão de alegria. De lá pra cá, todo mês de Dezembro essa tranquila cidade fica repleta de graça, a multidão faz festa e se enche de alegria a espera da MAIOR e MELHOR micareta do BRASIL, o Carnatal.

O Carnaval fora de época mais badalado do Brasil

Um pouco da História do Carnatal, o maior Carnaval fora de Época do Brasil e que acontece em Natal

Tudo começou em 1991, ele nasceu no centro de uma cidade tranquila. Tinha gosto de Caju com Sal, era um Exame de Gente com a cor vibrante como o "laranja" de um Jerimum. "POOL!!!" Foi aquela explosão de alegria. De lá pra cá, todo mês de Dezembro essa tranquila cidade fica repleta de graça, a multidão faz festa e se enche de alegria a espera da MAIOR e MELHOR micareta do BRASIL, o Carnatal.

Os anos foram se passando e o centro da cidade foi ficando pequeno, pois o Carnatal crescia. No ano seguinte, um grupo de "letrados" que "IMPRENSAVA" todo mundo veio montado num BURRO ELÉTRICO encerrando a festa, eis que surgiu um dos blocos mais irreverentes desse carnaval fora de época.

Até o Zé Bonitinho caiu na folia do BURRO ELÉTRICO junto com o Presidente Lula e o Sheik "VAI ATOLÁ".

No ano de 1994 "o menino" de três anos de idade se mudou para o largo do Sr. MACHADÃO. Já era um rapazinho com 525 camarotes, 14 blocos e mais de 50 mil foliões. Muita gente de fora já toma conhecimento da sua existência. Mas o Carnatal seria ainda reconhecido nacionalmente e mundialmente. Em 1997, ele se tornou o "É o Tchan!". A banda É o Tchan! comandada por Beto Jamaica e Compadre Washington, que estava num momento sensacional a nível Brasil, neste ano, puxou um bloco na micareta o que ajudou ainda mais a divulgar a festa para os quatro cantos do país.Tantas bandas tocaram no Carnatal. Bandas de axé music, forró e até pop-rock como foi o caso da banda mineira Jota Quest.

Alguns anos depois, em 2001, o Carnatal sofreu mudanças. A micareta passou a ter hora para terminar devido a uma determinação do Ministério Público e, por causa disso, começou mais cedo. Nesse ano, as estrelas da festa foram Asa de Águia, Chiclete com Banana, Capilé, Gil, Netinho, Banda Beijo, Cheiro de Amor, Timbalada, Pimenta N´Ativa, Harmonia do Samba, Jammil, Banda Di Maçã, Almir Rouche e Ricardo Chaves. As novidades: Ivete Sangalo, Elba Ramalho, Patchanka, As Meninas, É o Tchan. E no meio de estrelas da música no Brasil, surgiram dois artistas locais no Corredor da Folia: Sueldo Soares e Lane Cardoso, cantora revelação do Carnatal 2001.

O ano de 2004 serviu de prévia para a comemoração dos 15 anos do Carnatal, uma super festa que movimentou a cidade. Em 2005 e 2006, o Carnatal repetiu a dose e trouxe para a avenida atrações, como Ivete Sangalo, Chiclete com Banana, Asa de Águia, Cheiro de Amor, Banda Eva e Babado Novo.

Comprovando seu prestígio, em 2007, 2008 e 2009 o Carnatal foi palco de grandes coberturas em rede nacional de televisão. Várias emissoras destacaram equipes para fazer a cobertura e transmitir ao vivo para todo o Brasil. O brilho, a organização, a beleza da cidade e a alegria contagiante do folião do Carnatal romperam fronteiras.

Mas esse ano o Carnatal vem cheio de novidades, afinal, a capital potiguar cresceu, apareceu e passou a ter ainda mais importância como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Hoje, a festa acontece ao redor do Arena das Dunas, estádio principal do campeonato mundial, que foi construído no espaço do antigo Machadão, onde por tantos anos circularam os trios elétricos da maior festa da cidade. 

"Já é Carnatal, vem amar, vem dizer: Carnatal é Amor e Prazer".

Fonte: Carnatal

 



Como Chegar

Detalhes